Instituto Accorsi

Existe um método contraceptivo mais eficaz?

Essa questão pode gerar muitas dúvidas em relação à eficácia, efeitos e até mesmo à segurança e quase todas mulheres já se questionaram sobre qual é a melhor solução.

Cada método contraceptivo tem características e indicações específicas, que precisam ser analisadas junto ao médico em cada caso, mas trouxemos algumas informações para que você entenda melhor o assunto e fale com um profissional.

Qual método contraceptivo é mais seguro?

Se você já se perguntou isso, fique tranquila, essa é uma dúvida super comum e justificada! Pílula anticoncepcional, DIU de cobre, DIU hormonal, implante subcutâneo… são muitas opções e é normal ter dúvida, afinal se trata de sua saúde e de sua vida.

Os métodos mais eficazes e seguros são os DIUs hormonais, DIU de cobre e implante subcutâneo, as opções conhecidas como LARCS (long-acting reversible contraceptives) ou métodos contraceptivos reversíveis de longa ação.

Sua segurança é devido ao fato de não precisarem que quem os usa se lembre, proporcionando a garantia da efetividade mesmo que você se esqueça dele. Outra vantagem é que esses métodos também possuem poucas contraindicações e podem ser usados pela maior parte das mulheres, independente da idade.

image 1

Qual DIU escolher?

Dentre os métodos citados, o DIU é o mais popular, podendo ser hormonal ou de cobre.

O DIU hormonal protege de gravidez por 5 anos e o de cobre, que serve apenas como uma barreira no seu organismo (sem uso de hormônio), tem uma duração que varia de 3 a 10 anos.

Ao contrário do que muita gente pensa, nenhum dos dois tipos bloqueia a ovulação ou interfere na produção hormonal própria da mulher, atuando apenas dentro do útero. Entretanto, o DIU hormonal pode levar a redução das cólicas menstruais e até mesmo parar a menstruação, oferecendo uma vantagem significativa.

Segurança e prevenção

Apesar de todas as vantagens dos métodos apresentados, é muito importante destacar que nenhum desses métodos previne ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis).

Além da gravidez não planejada é fundamental considerar esse aspecto  para sua segurança e utilizar camisinha feminina ou masculina nas relações sexuais. Esses métodos sozinhos não são tão eficazes na prevenção da gravidez, mas são os únicos que previnem ISTs.

Seu corpo, sua escolha

Conhecer as opções e conversar com seu médico a respeito é o que mais importa para sentir-se realmente segura.

Cada pessoa é única, então é necessário uma consulta para entender suas necessidades e possibilidades. O que serve para sua amiga ou alguém da família nem sempre é o melhor para você.

Agende uma consulta e descubra o que serve para você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Nosso WhatsApp

× Como posso te ajudar?